Banner da página principal

Funcionamento

No Pão de Açúcar atualmente funcionam dois sistemas teleféricos independentes, classificados como de grande porte, com dois bondinhos em cada linha, circulando em vai-e-vem (jig-back). O novo sistema, instalado em 1972, aumentou a capacidade de transporte do teleférico de 115 para 1.360 passageiros por hora.

Os Bondinhos rolam ao longo de dois cabos-trilho de aço, fixos nas estações, com 50 mm de diâmetro cada, constituídos por 192 fios de aço enrolados e são tracionados por um cabo de tração de 24mm de diâmetro. O movimento é gerado na estação Motriz por um motor elétrico.

O Bondinho pode transportar até 65 passageiros em cada viagem, que sai de 20 em 20 minutos, e é o único no mundo com as faces laterais totalmente transparentes devido ao acrílico e policarbonato utilizado, “plexi glass”, de tecnologia de aviação.

A velocidade é regulável, chegando a 6 m/s no primeiro percurso – Praia Vermelha/Morro da Urca – e a 10 m/s no trajeto entre os altos do Morro da Urca e Pão de Açúcar, percorrendo-se cada estágio em apenas 3 minutos. Suas seis rodas laterais têm como função permitir uma entrada mais suave nas guias das estações.
O desenho dos bondinhos inaugurados em 1972, medindo 6,00 x 3,00 m, em forma de bolha, com estrutura em duralumínio, é exclusivo do Pão de Açúcar, idealizado pela firma italiana Nardo, e premiado no 4º Salão de Montanha em Turim, em 1971.

Ingressos Online

Serviços do Parque

Ver todos

Digite o seu e-mail e receba novidades.